Vamos lá galera, quem foi que falou que mulheres não jogam? Ou melhor, quem foi que falou que mulheres não desenvolvem games? ♪♪♪ Quem se atreve a me dizer ♪♪♪

As Meninas também jogam chegou para falar sobre esse maravilhoso mundo dos games e como nós mulheres fazemos parte de uma boa parcela dessa comunidade de jogadores e desenvolvedores. Você sabia que já é estatisticamente comprovado que as mulheres se igualaram no número de jogadores? Infelizmente em relação ao número de desenvolvedores estamos muito longe.

Vamos mostrar o quanto nós mulheres somos capazes. Chega de mudarmos de foco no que queremos só pelo simples fato de sofremos preconceitos. E digo isso, não somente referente a preconceitos vindo dos meninos que por uma simples ignorância do mundo se sentem amedrontados ou inferiores quando perdem para uma garota! Digo isso também, referente ao preconceito geral da sociedade que não entende que trabalhar com games também é uma profissão. Ah, e deixar eu te contar uma coisa, a gente consegue ser muito bem paga nesse mercado, viu?!

Meninos, não se preocupem apesar do meu lado feminista ser bem marcante, não venho aqui para excluir vocês. Sejam muito bem vindos! Minha ideologia é mostrar ao mundo o quanto somos capazes na nossa escolha de trabalho, “apesar de ser um curso predominantemente masculino”. Apesar de que venho percebendo (e brilhando os olhinhos) quando vejo a cada semestre mais e mais mulheres se aventurando nesse mundo da computação.

Ah, só para deixar claro a base fundamental das meninas também jogam é sobre os games, porém a ideia é abrir discussões para qualquer assunto sobre computação. Inclusive divulgar oportunidade de emprego para esses jovens iniciantes nesse mundo louco e divertido.

Não se incomodem, com certeza vou contar minha experiências (e convenhamos, algumas tragédias se passaram, mas sempre me livrei e continuei com muito bom humor), mas mostrei que estou nessa área… e dessa área ninguém me tira! E espero assim, expondo minhas experiências e expectativas, poder ajudar essa garotada a não desistirem do que querem e vencerem nesse mundo.

Galera é isso! Pressionem Start…. Vamos subir de level… e sejam bem vindos as Meninas Também Jogam!

 

Meninas também Jogam?! O que é isso?
facebooktwitterby feather
The following two tabs change content below.

Tainá Medeiros

Fundadora do Meninas Também Jogam! * Mestre em Sistemas e Computação * Professora do IFRN - Campus Natal Central

Uma opinião sobre “Meninas também Jogam?! O que é isso?

  • Para apoiar outras mulheres, Camila disse que sempre procura conversar com as colegas da rea para n o somente incentiv -las a produzir, mas tamb m para que saibam que n o est o sozinhas. Passamos por situa es ruins, mas temos que nos apoiar e continuar a brigar por espa o e respeito , acredita. Ma ra pensa que as mulheres n o t m que temer entrar em um espa o que tamb m delas por direito. Isso limitar o que voc pode fazer com base na opini o dos outros , diz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *